Sergipe

26/05/2018 às 10h48

Belivaldo Chagas: “Os estados não podem ser penalizados pela falta de política econômica”

Com informações da Secom/Governo

Após o presidente da República Michel Temer (MDB) anunciar oficialmente sobre o uso da força policial para conter os protestos dos caminhoneiros que resultaram no bloqueio de rodovias no país, o governador Belivaldo Chagas (PSD) comentou que agirá com cautela. “Os estados não podem, de maneira nenhuma, serem penalizados pela falta de política econômica, no que diz respeito à regulação de preço de combustível feita hoje pelo governo Federal”, disse.

O comentário do governador foi feito durante a assinatura do decreto que colocou Sergipe em situação de emergência em razão do bloqueio das rodovias. “Nós, enquanto estado, particularmente, não estamos obrigados e não me sinto na obrigação de colocar a força policial local para agir de forma direta, como está fazendo o Governo Federal”, registrou.

Além disso, Belivaldo Chagas acrescentou aconselhando o presidente Temer a manter o diálogo para resolver o problema que “ele criou para a nação”. “Aliás, o Governo Federal está querendo resolver o problema dele às custas dos governos estaduais e dos municipais também. Os Estados não podem, de maneira nenhuma, serem penalizados pela falta de política econômica, no que diz respeito à regulação de preço de combustível feita hoje pelo governo Federal”, pontuou.

Por fim, o governador complementou em tom de desabafo: “Se preciso for, claro, uniremos todas as forças para manter a tranquilidade, para manter a ordem. Agora, para reprimir qualquer tipo de movimento, por conta da falta de sensibilidade do Governo Federal, nós não vamos aderir”.


Fonte: Com informações da Secom/Governo