Sergipe

18/05/2018 às 08h29

Ex-policial militar é um dos mortos na operação que investiga a morte do capitão Oliveira

Redação Portal A8

Foto: Antônio Brás foi morto no loteamento Marivan no bairro Santa Maria em Aracaju
A reportagem da TV Atalaia apurou na casa de um dos mortos na madrugada desta sexta-feira (18) a identificação de um deles. O ex-policial militar Antônio Brás dos Santos Neto está entre os mortos na manhã de hoje. Ele foi morto dentro de casa, no loteamento Marivan no bairro Santa Maria, nem Aracaju, local onde também estava um dos investigados no crime que matou o comandante da Companhia Integrada de Patrulhamento em Áreas de Caatinga, o capitão Oliveira, conhecido como Edu.  Segundo a polícia, os dois morreram por reagir a prisão.

Segundo informações de familiares de Antônio Brás, Edu seria cunhado de Antônio Brás e morava em Pedro Alexandre na Bahia e estaria na casa dele, porque se entregaria à polícia. Antônio Brás foi acusado de envolvimento da morte, em 2003, do deputado estadual Joaldo Barbosa " Nêgo da Farmácia", e segundo a delegada geral da polícia civil, ele também fazia parte da organização criminosa de crime de mando e pistolagem.

Foto: Aline Aragão Delegada Geral fala sobre a Operação Rubicão
Segundo a Assessoria de Comunicação da SSP/SE, a operação continua em andamento para o cumprimento de mandados. O grupo criminoso está envolvido em crimes de grande repercussão como: a morte do presidente da Câmara Municipal de Carira, de um vereador de Poço Redondo e de um ex-prefeito da cidade baiana de Pedro Alexandre.

A operação foi intitulada Rubicão, nome de um rio de Roma que não podia ser ultrapassado e segundo a delegada Katarina Feitosa, os participantes do crime  ultrapassaram o limite do razoável contra a polícia sergipana.

A operação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (18) e oito pessoas morreram. Em Sergipe foram quatromortos: dois em Aracaju e dois em Poço Redondo. Na Bahia, mais quatro: dois em Barreiras, um em Paulo Afonso e mais um no município de Luís Eduardo Magalhães.