Sergipe

18/05/2018 às 07h13

Oito suspeitos de participação na execução do capitão Oliveira morrem em confronto com a polícia

Com informações da SSP/SE

Foto: Imprensa 1
A Secretaria da Segurança Pública (SSP) deflagrou nesta sexta feira, dia 19, uma operação para prender os responsáveis pelo envolvimento com morte do capitão Manoel Oliveira, então comandante da Companhia Integrada de Patrulhamento em Áreas de Caatinga. Segundo informações da assessoria de comunicação oito dos suspeitos morreram após reagirem a prisão, dois foram mortos no loteamento Marivan do Bairro Santa Maria e estão no necrotério do Hospital de Urgência de Sergipe.  

As investigações foram coordenadas pelo Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que se baseou nas informações checadas através do 181 e pelas diligências realizadas na investigação policial.

Sabe-se que a ação contra o comandante da caatinga mantém relação com um trabalho da Secretaria da Segurança Pública contra pistolagem, parte na região Norte da Bahia e alto sertão de Sergipe. A operação aconteceu em setembro de 2017 e prendeu um trio relacionado com o crime de pistolagem na Bahia, Sergipe e Alagoas e tinha como foco em Pedro Alexandre, na Bahia.

Até o momento houve sete confrontos com investigados em Aracaju, Poço Redondo, Barreiras (BA), Paulo Afonso (BA). Três foram presos e serão conduzidos ao Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope). Em Sergipe foram quatro: dois em Aracaju e dois em Poço Redondo. Na Bahia, mais quatro: dois em Barreiras, um em Paulo Afonso e mais um no município de Luís Eduardo Magalhães.

O Porta A8SE está apurando mais informações sobre a operação policial e deve trazer mais detalhes em instantes. 


Fonte: Com informações da SSP/SE