Sergipe

06/09/2017 às 08h29

Defesa Civil de Aracaju monitora impacto das chuvas na capital

Ascom Defesa Civil

A Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), através da Defesa Civil de Aracaju, está atenta às necessidades da população em decorrência das chuvas. Desde o último sábado (02) até esta terça-feira (05) nenhuma ocorrência foi registrada. Porém, as equipes estão de prontidão para atender as demandas que possam surgir. O público pode entrar em contato por meio do número de emergência 199.

"As chuvas estão bem distribuídas. Por isso, não ocorreram maiores transtornos. Estamos atentos e monitorando as áreas que possuem maior risco, assim como estamos monitorando a vazão dos rios", revelou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, capitão Sílvio Prado.

O coordenador esclarece, também, que a Defesa Civil deve ser acionada em caso de risco de deslizamento de terra, alterações nas estruturas de prédios ou residências. "Para quem mora em região de encosta, popularmente conhecida como barranco, deve observar se há movimentação de terra. Os sinais podem se revelar através de inclinação de árvores ou postes, assim como rachaduras no solo, inclusive verificando se há rachaduras no interior da residência, tanto nas paredes quanto no chão. Observar se esse sinal apareceu em decorrência das chuvas ou se já existiam. Esses são fatores importantes", destacou o capitão.

Já para as pessoas que moram em áreas onde, notadamente, há risco de alagamento, como os pontos localizados próximos aos rios ou canais, é importante ficar atento aos alertas da Defesa Civil. Em relação aos ventos, é importante verificar se há algum tipo de barulho diferenciado na casa. "Movimentação ou retirada de telhas, provocadas pelos ventos, assim como inclinação de árvores, com indício de possível queda, são situações que devem ser informadas à Defesa Civil", ressaltou Sílvio Prado.   

Plano de Contingência

Ainda está em vigor o plano de contingência elaborado pela Prefeitura de Aracaju. As medidas previstas são aplicadas mediante o risco iminente de desabamento de alguma estrutura. "Nós retiramos as famílias das casas e acionamos o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), mais próximo da região, através da Secretaria Municipal da Assistência Social. Diante de cada caso, a Prefeitura de Aracaju  garante toda a assistência necessária à família", explicou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju.


Fonte: Ascom Defesa Civil