Sergipe

10/07/2015 às 12h12

Mãe é a principal suspeita de ter matado bebê carbonizado

Redação Portal A8

A morte de um bebê de 8 meses chocou moradores da cidade de Riachão do Dantas, distante 95 quilômetros de Aracaju. A criança foi encontrada carbonizada dentro do berço e a principal suspeita da polícia é que a mãe tenha matado a própria filha. 


De acordo com a polícia local, a mãe da bebê foi ouvida, mas como não tem o flagrante do crime foi liberada. Ainda segundo informações da polícia, a mulher identificada como Jilvani Maria de Jesus Santos, 35 anos, já foi condenada por ter matado outros dois filhos. 


Jilvani foi condenada há 14 anos de prisão, mas cumpriu pena durante 10 anos e há 7 já está em liberdade. Na delegacia da cidade, um agente informou que a mulher negou ter cometido o crime e acusou a outra filha, de apenas 5 anos. 


Em depoimento, a mulher teria contado que é fumante e estava saindo para fazer faxina quando a filha chamou na porta para entregar o isqueiro. Jilvani também teria relatado que quando pegou o isqueiro percebeu que estava quente, mas como a filha tinha costume de brincar com o objeto não estranhou. 


A criança de 5 anos deve ser ouvida neste sábado (11) junto com o Conselho Tutelar. O delegado responsável pelo caso é Júlio Figueiredo. O bebê não possui registro, por isso, o corpo ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML). 

 

Leia também: 

 

Bebê de oito meses é encontrado morto com graves queimaduras