Sergipe

17/05/2013 às 08h00

Navalha na jugular - Adiberto de Souza

Redação Portal A8

Os 12 sergipanos acusados de formação de quadrilha e desvio de recursos públicos nas obras de duplicação da adutora do São Francisco não lograram êxito nos embargos declaratórios impetrados junto ao Superior Tribunal de Justiça. Ontem, o STF manteve na íntegra a decisão do colegiado que aceitou a denúncia feita contra eles pelo Ministério Público Federal na chamada ‘Operação Navalha`. A ministra Eliana Calmon reafirmou que houve sim a imputação da prática do crime de quadrilha aos agentes denunciados no denominado "Evento Sergipe". Portanto, a lâmina afiada vai continuar roçando na jugular do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), conselheiro do TCE, Flávio Conceição, ex-deputado Ivan Paixão, João Alves Neto, Renato Conde Garcia e Victor Fonseca Mandarino, entre outros.

Leia conteúdo na íntegra