Sergipe

16/07/2012 às 14h29

Polícia Militar apreende 100ª arma de fogo

Redação Portal A8

A Polícia Militar de Sergipe apreendeu, na tarde de domingo, 15, a centésima arma de fogo do ano, através da Companhia de Polícia de Radiopatrulha (CPRp). A arma foi apreendida por volta das 14h, no conjunto Marcos Freire I, em Nossa Senhora do Socorro, após denúncia de populares informando sobre a existência de um indivíduo suspeito em uma motocicleta vermelha, circulando pela localidade.

Os radiopatrulheiros intensificaram as buscas e, nas proximidades do Shopping Premium, se depararam com Deivison Kelvin Santos Costa, 21 anos, em uma motocicleta 300 cilindradas vermelha, que ao avistar a viatura policial fugiu, sendo perseguido pelos militares. Quando interceptado pelos policiais, Deivison caiu com a motocicleta e tentou fugir a pé, com um revólver em punho.

O cabo PM Arnaldo, comandante da guarnição, deu voz de prisão e Deivison, acatando ordem policial, largou a arma no chão. O revólver calibre 38 com seis munições foi apreendido pelos soldados Ivan e Marcos Santos e encaminhado para a Delegacia Plantonista para a lavratura do auto.

Dados estatísticos

A arma de fogo apreendida na tarde de ontem, dia 15, contabiliza a centésima arma retirada das ruas pelos policiais militares que compõem a Companhia de Polícia de Radiopatrulha (CPRp) durante os seis primeiros meses do ano.

De acordo com os dados estatísticos da Radiopatrulha, o mês de março foi o período em que mais armas foram apreendidas, contabilizando um total de 23. No tocante à quantidade de ocorrências atendidas e encaminhadas às delegacias, o mês de janeiro contabilizou a maior expressão numérica, com um total de 117 relatórios de ocorrências policiais, sendo estes caracterizados por vias de fato/ameaça, roubo/furto, armas apreendidas e veículos recuperados.

O comandante da Companhia de Radiopatrulha, capitão Hiran Rocha, incentiva os radiopatrulheiros a manterem a qualidade do serviço desenvolvido através do policiamento ostensivo, para que a ordem pública e a tranquilidade da sociedade sejam mantidas.

"Os cidadãos devem, através do convívio social, buscar sempre o bem comum, a ordem pública e a tranquilidade social, a fim de que todos possam desfrutar de bem estar e segurança no cotidiano", destacou o capitão.

Fonte: PM/SE