Sergipe

16/07/2012 às 10h14

Unidades de Aracaju participam de pesquisa do Ministério da saúde

Redação Portal A8

Cinquenta e seis pesquisadores do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ICS/UFBA) estão em Aracaju para coletar dados das 43 unidades de Saúde da Família (USFs) da Prefeitura de Aracaju. A pesquisa será realizada no período de 16 a 18 de julho e faz parte da avaliação externa do Programa de Melhorias do Acesso da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) do Ministério da Saúde (MS).

"Durante estes três dias, em Aracaju, os entrevistadores farão levantamento de processo de trabalho das equipes, de equipamentos, de suprimentos e da estrutura física das unidades. Em cada unidade de Saúde visitada, eles vão aplicar um questionário a gestores de unidades de saúde, usuários e profissionais das equipes que prestam atendimento à população. E com exceção dos trabalhadores selecionados para as entrevistas, as agendas e os atendimentos das unidades não serão cancelados", informa Stella Maris.

"Para nós é uma grande satisfação e uma grande expectativa receber os pesquisadores do PMAQ. Essa avaliação externa do PMAQ visa estabelecer um padrão de qualidade da Atenção Básica, para qualificar o atendimento no Sistema Único de Saúde", ressalta a secretária.

Avaliadores

A doutora em Saúde Coletiva do ISC/UFBA, Ana Angélica Ribeiro, informa que o ISC/UFBA é uma das 42 instituições de ensino e pesquisa envolvidas no Censo. O ISC será responsável pelo processo de avaliação nos Estados da Bahia e de Sergipe.

"Esse Censo está sendo realizado em todos os Estados brasileiros. No Estado de Sergipe, a pesquisa começa por Aracaju. Em todo o país serão avaliadas 17,5 mil equipes, o equivalente a 53,3% no país (32.809), que aderiram ao programa em 3.972 municípios brasileiros", informa.

Ana Angélica revela que para realizar o questionário, os entrevistadores do ISC/UFBA estarão uniformizados e portarão tablets. "Após a coleta das respostas, as informações são exportadas para um banco de dados do Ministério da Saúde", conta.

Da perspectiva do MS, a avaliação externa do PMAQ será finalizada em agosto deste ano. Além do processo de avaliação, as equipes de saúde receberão do Ministério e das Secretarias Estaduais de Saúde ofertas de educação permanente, monitoramento dos indicadores e apoio institucional.

 

Fonte: PMA