Sergipe

06/07/2012 às 10h24

Mulher é usada como "escudo humano" e morre com um tiro no abdômen

Redação Portal A8

Três vítimas de arma de fogo foram registradas no Instituto Médico Legal (IML) nas últimas 24 horas. Um dos casos vitimou Valderes Freitas, 46 anos, que foi atingida por um tiro na tarde dessa quinta-feira (05) em frente a casa que morava no conjunto Jardim I, em Nossa Senhora do Socorro.

De acordo um sobrinho da vítima, Valderes estava na porta de casa quando um homem conhecido como "Okani" passou pelo local fugindo e outro homem que estava armado e para se proteger dos disparos ele usou a senhora como escudo. Um dos tiros atingiu o abdômen da vítima que chegou a ser encaminhada ao Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Outra vítima de arma de fogo foi Ginaldo do Bomfim Oliveira, 26 anos, que foi morto dentro de sua residência no bairro Cidade Nova. Segundo informações de familiares, não existe pistas de quem possa ter cometido o crime, mas que na região os vizinhos revelaram que quatro homens cometeram. Ginaldo não tinha envolvimento com drogas e por isso a família não tem ideia do que motivou o crime.

Já na avenida Augusto Franco, Tony Aragão dos Santos, 15 anos, morreu em uma troca de tiros com a polícia após tentar roubar um ciclomotor . O comparsa de Tony, identificado como Alisson Ferreira Santos, 18 anos, também ficou ferido e foi encaminhado ao HUSE.