Sergipe

12/12/2011 às 17h48

Mulher que foi espancada e teve os dois braços quebrados pede justiça

Redação Portal A8
Foto (Reprodução: TV Atalaia)

A violência ocorreu na madrugada do último sábado (10) no bairro América. A vítima, que prefere não ser identificada, acusa o próprio cunhado como autor do crime. Ela relatou à polícia que foi agredida quando estava dormindo com os filhos. A primeira lembrança que a mulher tem é do rapaz aplicando golpes com uma pedra na cabeça dela. "Ele queria me matar, não existe outra explicação. Era uma pedra grande", afirma a vítima.

Durante as agressões a mulher estava somente com os filhos, o marido estava viajando, irmão do acusado, e ela acredita que o cunhado aproveitou a situação para tentar executar o crime. A vítima e o acusado dividem o mesmo terreno, mas moram em casas separadas. Uma disputa por este terreno teria motivado várias confusões com a esposa do suposto agressor até chegar ao extremo da violência.

Como as pancadas na cabeça foram fortes, a vítima desmaiou. Ela relata que o agressor pegou um pedaço de madeira e espancou os braços dela, pois no momento que acordou ela tentou proteger os ferimentos da testa. A mulher desesperada começou a gritar, os filhos choravam desesperados. "Neste momento ele ficou com medo. Os vizinhos começaram a ouvir meus pedidos de socorro. Assustado, ele foi embora da minha casa, e, na maior tranquilidade voltou pra casa dele", desabafa a mulher. Bastante ferida a vítima conseguiu acionar a polícia e ser socorrida pelo Samu.

Nesta segunda-feira (12), a vítima compareceu ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar os exames de corpo de delito. O acusado nega qualquer participação no crime. Os dois prestaram depoimento na Delegacia Plantonista. O cunhado foi preso acusado de lesão corporal, mas a polícia investiga o caso e ele pode ser enquadrado pelo crime de tentativa de homicídio.