Sergipe

03/12/2011 às 13h31

Defesa Civil assume Operação Pipa no sertão sergipano a partir de segunda

Redação Portal A8

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) e da Coordenadoria Especial de Defesa Civil, assume a partir desta segunda-feira (05) a Operação Pipa nos municípios sergipanos que estão em situação de emergência por conta da seca. Até o momento, as cidades estavam sendo abastecidas pelo Exército Brasileiro.

Todas as pessoas das comunidades abastecidas pela Operação Pipa terão direito ao consumo de 20 litros de água diariamente. Os pontos de captação de água pelos caminhões pipas já estão devidamente estabelecidos.

Os caminhões que prestam serviços na Operação do Estado estarão identificados com adesivos onde constará a logomarca da Defesa Civil Estadual, Governo de Sergipe e ainda uma numeração específica de cada caminhão, que corresponde ao seu credenciamento.

Além disso, constarão os números dos telefones da Ouvidoria Geral do Estado (0800 284 0095) e da Defesa Civil Estadual (3179-3760), para onde deverão ser encaminhadas quaisquer reclamações e sugestões sobre o abastecimento, caso necessário.

O coordenador estadual da Defesa Civil, major José Erivaldo Mendes, informa que a Defesa Civil Estadual disponibilizará fiscais da Operação Pipa de segunda a sexta diretamente no município para resolver os problemas que possam ocorrer.

"O racionamento de água no período de estiagem é fator decisivo para o bom funcionamento da Operação Pipa, o período não admite desperdícios de água, que deverá ser exclusiva para o consumo humano e para o cozimento de alimentos", explica.

Para o abastecimento de água, as cisternas devem estar limpas. "Além disso, a população deve ficar atenta para não ser enganada por pessoas que tentem vender tickets de água. Ela é gratuita. A secretária Eliane Aquino está enviando ofício aos prefeitos sobre a Operação Pipa e os municípios tem papel fundamental na fiscalização do serviço", complementou o major.

São pontos de captação de água nos municípios em Situação de Emergência:

- Poço Redondo - no projeto Jacará-curituba;
- Porto da Folha - no Rio São Francisco povoados de Niterói e Ilha do Ouro;
- Gararu - na sede municipal, na margem do Rio São Francisco;
- Poço Verde - no Poço Artesiano do Colégio Agrícola;
- Frei Paulo - no açude Municipal Buril;
- Tomar do Geru - no Poço Artesiano;
- Canindé de São Francisco - na Base local da Deso;
- Nossa Senhora da Glória - na Base local da Deso;
- Tobias Barreto - na Base local da Deso;
- Monte Alegre - na Base local da Deso.

 

Fonte: ASN