Sergipe

01/12/2011 às 08h39

Aliança resiste a 2012 - Adibeto de Souza

Redação Portal A8

Aliança resiste a 2012

Aqueles que sonham com o rompimento político do governador Marcelo Déda (PT) com a família Amorim garantem que a aliança será desfeita em 2012. Dizem os partidários dessa idéia que os Amorins vão impor uma candidatura a prefeito de Aracaju para enfraquecer o PT e alargar o caminho que levará o senador Eduardo Amorim (PSC) ao governo em 2014. Seria fácil assim se do outro lado não tivesse o ex-governador João Alves Filho (DEM). Sabem os governistas que se João vencer as eleições para prefeito da capital estará cacifado para disputar, com chances de vitória, o governo do Estado. Juntos, o governador, os Amorins, Jackson Barreto (PMDB), Antônio Carlos Valadares (PSB) e outros menos votados terão chances de derrotar João Alves em 2012 e construir uma chapa muito forte em 2014. Portanto, a aliança poderá até ficar estremecida, porém resistirá ao pleito do próximo ano, pois sem ela a sobrevivência política dos aliados fica ameaçada.

 

Leia o texto na íntegra