Sergipe

24/11/2011 às 11h57

Cartinhas do projeto Papai Noel dos Correios já estão disponíveis para adoção

Redação Portal A8

Cartinhas enviadas por crianças de todo o estado para o Papai Noel já estão disponíveis para adoção na Agência Central dos Correios na rua Laranjeiras, Centro. Meninos e meninas de até 10 anos pedem ao "bom velhinho" bonecas, patins, bolas, carrinhos, material escolar, calçados e roupas, entre outros presentes. Graças à campanha Papai Noel dos Correios e à solidariedade da população, muitos desses sonhos serão realizados no Natal que se aproxima.

Para ser um padrinho, basta comparecer à Agência Central, das 8h30 às 17h30, escolher uma cartinha e deixar nome e telefone para contato. Depois é só comprar o presente que a criança pede ao Papai Noel e entregá-lo no local de adoção, com o número da cartinha adotada escrito na embalagem. Os Correios farão a entrega, ajudando a espalhar a magia desta época do ano pelos quatro cantos do estado.

As empresas interessadas também podem levar cartinhas para que seus colaboradores adotem os pedidos. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 2107-6118.

Pedidos

As crianças carentes que desejam enviar uma cartinha ao Papai Noel devem observar alguns detalhes importantes para que o pedido seja validado. É necessário ter até 10 anos de idade e pedir somente brinquedos, roupas, calçados ou material escolar. Não são aceitos, por exemplo, pedidos de computador, móveis e eletroeletrônicos, como TVs, máquinas fotográficas e celulares.

A cartinha deve estar em um envelope com o endereço residencial completo. Cada uma deve ter o pedido de somente uma criança. A entrega das cartas pode ser feita em qualquer agência dos Correios do estado ou nas caixas de coleta disponíveis nos municípios.

Números

Até o momento, a Assessoria de Comunicação dos Correios em Sergipe, responsável pela coordenação local do projeto Papai Noel dos Correios, já recebeu cerca de 4 mil cartinhas, número que deve aumentar significativamente no início de dezembro. No ano passado, a quantidade de pedidos registrada chegou a 43 mil. Desse total, 9 mil cartinhas foram adotadas.

 

Fonte: ASCOM/CORREIOS