Sergipe

23/11/2011 às 11h13

Preso homem que realizou mais de 40 assaltos na Coroa do Meio e Atalaia

Redação Portal A8

A Secretaria de Estado da Segurança Pública apresentou na manhã desta quarta-feira (23) José Carlos Santos de Jesus, 18 anos, conhecido como "Brown". Ele é responsável por pelo menos 40 roubos a residências ocorridos na região da Coroa do Meio e Atalaia.

Ainda quando adolescente Brown chegou a ser apreendido pela Polícia Militar, por mais de dez vezes, mas foi posto em liberdade. No período da menoridade já foram localizados aproximadamente 25 boletins de ocorrências de atos infracionais praticados por ele.

Após completar a maioridade, no dia 15 de outubro deste ano, o infrator continuou a cometer vários roubos, na maioria invadindo residências armado, rendendo os moradores e subtraindo vários objetos. "Ele preferia roubar notebook, celulares e jóias por serem produtos de fácil transporte e trocava por entorpecentes para seu uso e de sua família", explicou o tenente Alcantara, comandante da Companhia de Policiamento Turístico (CPTur).

Com o andamento das investigações conduzidas pelo Cope e pela Detur foi possível identificar o autor dos roubos e representar por sua prisão preventiva. A partir daí iniciaram-se as diligências para capturar o assaltante, que foi realizada por policiais militares da CPtur na madrugada dessa terça, dia 22, quando Brown tinha acabado de praticar mais um roubo, utilizando um revólver calibre 22.

"Um ponto curioso que percebemos é que ele agia na região onde morava... a família sempre vinha acobertando os atos criminosos dele" frisou o delegado do Cope, André Baronto, ressaltando que Brown possui 15 procedimentos instaurados pela Polícia Civil.

Segundo o delegado da Detur, Gilberto Passos, Brown constumava agir no período noturno e sobre efeito de droga. "Ele passava o dia todo escondido e sob o efeito do crack realizava os assaltos", relatou.

O delegado enfatizou que mesmo praticando vários assaltos o acusado mantinha um baixo padrão de vida, ou seja, o dinheiro utilizado com as vendas dos produtos roubados era revertido com a compra de drogas.

Agora o objetivo da polícia é localizar as pessoas que compraram os objetivos roubados e vendidos por Brown para que sejam devolvidos aos seus legítimos proprietários. Já foram recuperados dois notebooks e algumas jóias.

"Ele estava ficando conhecido como o `terror` da Coroa do Meio, mas graças a integração entre a Polícia Civil, Militar e a população foi possível identificar e retirar este criminoso de circulação", concluiu o delegado André Baronto.


Fonte: SSP/SE