Sergipe

14/09/2011 às 16h48

Após greve Correios anuncia testes físicos para aprovados em concurso

Redação Portal A8

Após o início da greve dos funcionários dos Correios nesta quarta-feira (14) a diretoria da empresa anunciou o início dos testes físicos para os aprovados no último concurso. Uma das reivindicações dos trabalhadores é a falta de funcionários.

Em Sergipe, os testes acontecem de 21 a 22 de setembro no 28º Batalhão de Caçadores. No Estado, a Avaliação da Capacidade Física e Laboral (ACFL) vai contar com a participação de 275 candidatos, que disputam sete vagas para Operador de triagem e transbordo (OTT) e 31 para carteiro. Os resultados da avaliação física serão divulgados até o final de setembro.

A Avaliação do concurso público 2011 dos Correios começou em 14 estados. Estão aptos a participar desta etapa 30.904 candidatos aprovados na prova objetiva para o cargo de Agente de Correios - carteiro e (OTT).

No total, eles disputam 6.074 vagas, sendo 5.060 para carteiros e 1.014 para OTT. A avaliação será realizada em parceria com as Forças Armadas em todos os estados e no Distrito Federal. Os candidatos estão sendo convocados por meio de telegrama.

A fase é de caráter eliminatório e é composta pelo teste de barra fixa, corrida de 12 minutos e testes de dinamometria, com graus de esforço diferentes para homens e mulheres, de acordo com o edital. O candidato deve comparecer à avaliação munido de atestado médico, emitido há no máximo 30 dias, no qual deverá estar consignada a sua aptidão para realização dos testes. Além disso, é necessário apresentar-se com roupa apropriada para a prática de atividade física e documento oficial de identificação com foto.

Concurso

Mais de um milhão de pessoas se inscreveram no maior concurso público já aberto pelos Correios. Só em Sergipe foram mais de 16 mil inscritos concorrendo as 64 vagas disponibilizadas em seis cargos de nível superior, médio e técnico. Deste total, 15 pessoas já assinaram contrato com a empresa e ocupam seus postos de trabalho.

 

Com informações dos Correios