Sergipe

26/05/2011 às 09h00

Privilégio perdido - por Adiberto de Souza

Redação Portal A8

A luta de Flávio Conceição para anular o ato do Tribunal de Contas do Estado que o aposentou como conselheiro visa unicamente manter o foro privilegiado. Com a manutenção da aposentadoria pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe, o processo que Flávio e outras cerca de 40 pessoas respondem no Superior Tribunal de Justiça (STJ) será transferido para uma das varas da Justiça Federal em Sergipe. Era isso que Conceição queria evitar. Como não conseguiu no TJ sergipano, vai recorrer ao STJ. A decisão do Pleno do Tribunal de Justiça deixou aliviados os conselheiros do TCE, que decidiram afastar Flávio da Corte depois que ele foi preso pela Polícia Federal sob a acusação de usar o cargo para fazer lobby em favor da construtora Gautama.

Confira Blog completo