Sergipe

18/05/2011 às 15h38

Moradores do Santa Maria fazem manifestação em frente a Prefeitura

Os moradores reclamam que foram retirados da invasão do Arrozal e estão morando na rua

Redação Portal A8

Os moradores alegam não ter outro local para morar (Foto: Reprodução/ TV Atalaia)
Cerca de quarenta famílias que ocupavam a invasão do arrozal, no bairro Santa Maria, levaram colchões e acamparam na sede da Prefeitura. Os manifestantes reclamam que foram retirados da localidade, mas não tem outro local para morar.

De acordo com a moradora Gleide Selma, desde o dia da desocupação as famílias estão morando na rua. "Eles derrubaram os nossos barracos, mas não deram um local para a gente morar. Estamos com crianças morando na beira de um canal", desabafou.

Para o catador de material reciclável, Dênisson Silva, já não existe muita esperança de resolver o impasse. "Já estamos cansados dessa confusão, eles tiraram a gente do nosso barraco para deixar nossas famílias no meio da rua", reclama o morador que ressalta. "Só estão mandando a gente para o galpão, pois fizemos esse protesto e chamamos a imprensa, se não continuaríamos na rua", reclamou.

O secretário de Assistência Social do Município, Bosco Rollemberg, esteve com os manifestantes e informou que as famílias seriam levadas para um galpão no bairro Jabotiana, onde serão submetidos a uma nova avaliação cadastral.

O secretário da Assistência Social afirmou que as famílias com cadastro vão ser beneficiadas (Foto: Reprodução/ TV Atalaia)

O secretário afirmou que o motivo de tanta confusão pode ser a "má fé" de alguns moradores. "Acredito que algumas famílias estão se aproveitando da situação para se beneficiarem com a moradia. Nós temos o cadastro de cada morador e estes é que serão contemplados, os novos invasores serão identificados", alertou o secretário.