Sergipe

14/05/2011 às 10h02

Polícia prende arrombadores de loja de artesanato na praia da Atalaia

Redação Portal A8

Na manhã dessa sexta-feira, (13), foi registrado o arrombamento de uma loja de artesanatos localizada na avenida Santos Dumont, bairro Atalaia. Uma testemunha presenciou três jovens fugindo produtos de furto e orientou o proprietário do estabelecimento a localizar os criminosos. Após identificar dois acusados, o comerciante acionou os policiais militares da Companhia de Policiamento Turístico (CPTur).

Após perseguição, os PMs conseguiram prender Cleones Fonseca dos Santos, 20 anos, conhecido como "Gaguinho", que já esteve preso por furto qualificado no ano de 2009. Foi preso, também, Alex Santos Oliveira, 18 anos. No local onde eles estavam havia um carrinho de mercadinho contendo um computador, peças de vestuário e um par de sandálias furtados da loja. Todo produto apreendido foi devolvido imediatamente ao comerciante.

Os dois foram conduzidos para a Delegacia de Turismo (DETUR) e durante revista no local os policiais encontraram nas roupas íntimas e escondido na região da axila de Cleones dois aparelhos, sendo um de MP3 e outro um equipamento MP4. Foi constatado, também, que os pares de sandálias utilizados pela dupla durante a prisão foram furtados também da loja.

Com as prisões os agentes civis da DETUR levantaram informações sobre as características de um terceiro acusado e concluíram que se tratava de um jovem identificado como Erick Prince Santos, 19 anos, conhecido como "Zidane". Ele vinha sendo investigado pela prática de diversos arrombamentos e assaltos na região, utilizando armas de fogo e facas.

Após buscas, o procurado foi encontrado portando uma faca e também calçando uma das chinelas pertencentes à loja, além de ser reconhecido pela vítima como participante do crime. "Erick trabalhava como lavador de carros e anda na companhia de outros flanelinhas da região que também são suspeitos de praticarem arrombamentos e roubos na região. Um dos comparsas dele, Bruno Ricardo dos Santos Machado, foi preso por nós há dois dias", comentou o escrivão Marco Antônio de Jesus.

Fonte:SSP/Se