Sergipe

04/05/2011 às 07h22

Polícia Federal realiza operação de combate a fraude em leilões

Redação Portal A8

Na manhã desta quarta-feira (04), a Polícia Federal  realizou uma operação de combate a fraude de leilões judiciais intitulada de "Arremate". Dezesseis pessoas foram presas, entre elas, empresários da capital e do interior. As investigações deram início há pouco mais de um ano. Noventa policiais participaram da ação.

Um dos empresários presos na operação (Foto: Reprodução/ TV Atalaia)

Segundo o Ministério Público Federal em Sergipe, a quadrilha atuava em leilões organizados pela Justiça Federal, pela Justiça do Trabalho e por outros órgãos públicos e limitava de diversas formas a participação de outras pessoas, com o objetivo de arrecadar os bens penhorados por valor insignificante. Alguns empresários utilizavam-se frequentemente dos serviços da quadrilha, pagando aos participantes dela, comissões ilegais. A polícia também suspeita envolvimento de leiloeiros judiciais.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações duraram cerca de 18 meses e verificaram que nesse período a organização criminosa fraudou leilões da Justiça Federal, da Justiça do Trabalho, da Justiça de Sergipe, do Banco do Estado de Sergipe, do Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe, da Secretaria de Estado da Administração, da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), e dos Municípios de Pirambu, Estância e Lagarto, entre outras instituições.

Confira a relação dos acusados

José Paixão de Jesus Filho
Denis Nunes de Castro
Eduardo Henrique Ferreira dos Santos
Herick Anisio de Paiva Malta
Paulo Afonso Costa Viana
Cláudio Luiz da Silva
Geraldo Soares Dias
Edrovaldo de Carvalho Santos
Laércio Melo Sales
Jorge Dantas do Espírito Santo
Ângelo Ernestro Ehl Barbosa

Prisão temporária:

Geovani Souza Simões
Álvaro José Nunes de Castro
Thiago Prado de Castro Lima
Carlos Augusto Santos   
Ezequiel Oliveira Santos