Sergipe

23/11/2010 às 10h06

TV TAM nas Nuvens grava em Sergipe

Redação Portal A8

A equipe da TAM está produzindo em Sergipe um material especial de divulgação dos principais pontos turísticos de Sergipe para o programa mensal "TAM nas Nuvens", a ser veiculado durante todo o mês de janeiro em vôos nacionais e internacionais.

Segundo o diretor externo do programa, Guilherme Rampazo, a idéia de gravar as riquezas de Sergipe veio por meio de uma sugestão. "Teremos um programa com foco no Verão. Durante uma pesquisa encontrei o Cânion de Xingó e sugeri durante a reunião de pauta. Destino aceito, passamos buscar outras coisas no Estado que poderíamos mostrar", revela Rampazo. Com isso em mente, duas matérias foram formuladas: a primeira sobre Aracaju, e a outra focando a Rota do Sertão, em que o Governo destaca principalmente o Parque dos Falcões, o Parque Nacional da Serra de Itabaiana e o Cânion de Xingó

"A vinda da equipe da TAM é resultado de muito trabalho. Desde o início deste Governo temos buscado a TAM para conseguir essa divulgação. Com esse programa, Sergipe atinge um público abrangente e não precisará gastar nada para isso. Mas continuamos buscando mais e nosso próximo desafio é conseguir a capa da Revista TAM nas Nuvens", explica Caroline Portugal, diretora de Marketing da Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur). Na redação da TAM, foi o diretor externo do programa, Guilherme Rampazo, a peça chave para a vinda da equipe.

Para a, diretora de Turismo da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte (Funcaju), Tanit Bezerra, a proposta irá enaltecer o turismo sergipano."É uma mídia diferenciada, que fará despertar o interesse de muita gente e agregar valor ao Destino Sergipe. Por isso, queremos que tenham a melhor experiência que podemos proporcionar. Ainda mais quando se trata de mídia espontânea, uma divulgação gratuita e que se fôssemos comprar não sairia barato", explica. Para Tanit, a vinda do programa ao Estado também é fruto de um aumento na demanda pelos roteiros sergipanos.

Contabilizando apenas de maio deste ano até hoje, Sergipe teve cerca de quatro horas e meia de ‘mídia espontânea` - que não é paga - na TV nacional. Foram programas completos sobre o Estado, como o 50 por um, de Álvaro Garnero, na Record, com uma hora de duração; ou quadros de programas como o ‘Tem Visita`, do global Mais Você, comandado por Ana Maria Braga, e que veiculou 10 minutos de informações sobre Canindé do São Francisco, entre muitos outros.

Com informações da ASN