Sergipe

23/10/2010 às 15h00

Sergipe fica em terceiro lugar em número de cheques sem fundo

Apesar da redução, o Estado aparece em terceiro lugar com 6,52% de folhas devolvidas

Redação Portal A8

O percentual de cheques devolvidos por falta de fundos caiu para 1,59% setembro, o menor resultado para o mês desde 2004. De acordo com dados divulgados Serasa Experian foram devolvidos no mês passado 1.456.372 cheques, enquanto 91.495.660 foram compensados. Apesar da redução, Sergipe aparece em terceiro lugar com 6,52% de folhas sem fundo.

No período de janeiro a setembro, o percentual também é o menor em seis anos. O percentual de devoluções foi de 1,80%, contra 2,22% no mesmo período do ano passado.

Para os economistas da Serasa Experian, a queda da taxa de inadimplência com cheques é reflexo da maior disponibilidade de linhas de crédito aos consumidores. "Com maior disponibilidade de crédito, os consumidores diminuem a utilização do cheque pré-datado como meio de financiamento. Isto reduz o risco de inadimplência deste meio de pagamento, melhorando a sua qualidade", afirma a entidade.

Além disto, os economistas ressaltam que o bom momento vivido pela economia favorece uma administração mais eficiente do caixa das empresas, contribuindo para diminuir a incidência da devolução, por insuficiência de fundos, dos cheques emitidos por pessoas jurídicas.

Estados

O Amapá registrou o maior indicador de inadimplência até setembro, com 11,07% dos cheques devolvidos. Em seguida, aparecem Acre com 9,16% e Sergipe.

São Paulo e Rio de Janeiro apresentaram os menores índices: o comércio paulista teve 1,36% de cheques devolvidos e o carioca 1,19%. Isso contribui para que o Sudeste mostrasse o menor índice regional, com 1,47%. Na outra ponta, ficou a Região Norte, que teve 4,05% do total dos cheques devolvidos.

 

Fonte: BOL