Sergipe

18/08/2010 às 17h31

Corpo de Bombeiros de Sergipe amplia capacidade de combate a incêndio

Redação Portal A8

A frota do Corpo de Bombeiros de Sergipe teve sua capacidade de combate a incêndio ampliada nesta quarta-feira (18) em 45%. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), juntamente com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), adquiriram cinco viaturas de combate a incêndio do tipo ABT (Auto-Bomba Tanque) e um carro de combate a incêndio de apoio operacional denominado Auto-Tanque Bi-Trem. A soma dos reservatórios de água dos novos veículos chega a ordem de 73 mil litros de água. A capacidade da antiga frota da Corporação era de 40 mil litros e meio.

De acordo com o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Nailson Melo, os ABTs foram adquiridos por R$ 525 mil cada um, totalizando um investimento de R$ 2.625 milhões. Este tipo de carro de emergência tem uma capacidade de 5 mil litros de água e é considerado um dos mais modernos veículos de combate a incêndio da atualidade. Já o Auto-Tanque Bi-Trem possui dois reservatórios com capacidade de armazenamento de 48 mil litros de água. O investimento nessa viatura foi R$ 700 mil.

O Corpo de Bombeiros recebeu, ainda, cinco botes infláveis, além da locação de duas pick-ups que serão utilizados no trabalho de prevenção realizado pelos guarda-vidas. O coronel Nailson ressaltou, ainda, que um dos botes já foi inclusive utilizado pelos bombeiros sergipanos no resgate de vítimas das enchentes do Estado de Alagoas. Os botes são equipados com motor de popa de 40 HP e com uma carreta para locomoção das embarcações. Os cinco botes foram adquiridos por R$ 250 mil.

Na oportunidade, o comandante Nailson informou, ainda, que já está em processo de licitação a aquisição de um veículo tipo plataforma, capaz de dar suporte ao combate a incêndio em edificações com até 54 metros de altura. "Esses veículos vêem para acabar definitivamente com deficiência estrutural da Corporação. O processo de aquisição da plataforma é demorado por se tratar de uma viatura de fabricação internacional, já que não existem empresas no Brasil especializadas neste tipo de montagem", comemora Nailson. O Corpo de Bombeiros vai dispor, também, de três jet skis que serão utilizados na atuação dos militares em ambientes aquáticos.

 

Fonte: SSP