Sergipe

30/04/2010 às 12h11

Estado dá início à 1ª fase da campanha contra a Febre Aftosa

Redação Portal A8

A Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), inicia neste sábado, 1º, a primeira fase da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa/2010.

O objetivo é imunizar 100% dos animais - entre bovinos e bubalinos - e garantir ao Estado sua permanência como status de área livre da doença, cujo reconhecimento é da Organização Internacional de Saúde Animal (OIE).

Por possuir o maior índice de bovinos vacinados no Norte e Nordeste, desde 2007, Sergipe vem se destacando no cenário nacional ao completar 15 anos sem ocorrência da febre aftosa.

"Esses 15 anos sem febre aftosa é em decorrência de um trabalho do Governo do Estado, através da Emdagro, que optou pelo controle e erradicação da doença em Sergipe, e essa situação nos deu reconhecimento internacional", diz Salete Dezem, diretora de Defesa Vegetal da Emdagro. "Sergipe está entre os estados do Nordeste, juntamente com a Bahia, que possui o status de zona livre da febre aftosa com vacinação. Nossa meta é chegarmos ao status de área livre da doença sem vacinação, como são os Estados de Santa Catarina e Paraná", prevê a diretora.

Nas duas fases da campanha - ocorridas em 2009, nos meses de maio e novembro - num universo de quase um 1,71 milhão de animais, a Emdagro registrou mais de 1,27 milhão de bichos vacinados, o que corresponde a 96,9% do rebanho. Desse total, 580 registros eram de bubalinos.

Ainda de acordo com Salete, a não vacinação pode acarretar multas e ações judiciais para aquele produtor que não vacinar seu rebanho. "Nós não vamos nos furtar em aplicar as sanções previstas em lei àqueles produtores que deixarem de imunizar seu rebanho. Mantemos um excelente relacionamento com o Ministério Público que, nesses casos, atua convocando os faltosos submetendo-os ao cumprimento das determinações legais", afirma Salete, acrescentando que as vacinas já se encontram à venda nas casas comerciais do ramo, cuja aquisição é feita pelo próprio criador.

O que é a febre aftosa

A febre aftosa é uma doença que acomete os animais de casco bipartido, tais como bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos e suínos. Seus sintomas são: febre alta; surgimento de feridas nas patas, tetas e na boca; passam a babar mais por causa das aftas (que são feridas na boca); aparência magra e fraqueza.

A contaminação é feita através do contato de um animal doente com outro sadio; pelo transporte de animais em veículos que não foram desinfetados; pelos objetos das pessoas que tratam dos animais doentes; pelo ar e pela água; e através das fezes, urinas, e alimentos provenientes de animais infectados.

 

Fonte: ASN