Sergipe

29/04/2010 às 17h50

Mãe denuncia falta de leite no Centro de Atenção à Saúde

De acordo com a denúncia há quase um mês estão em falta cinco tipos de leite

Redação Portal A8

Há quase um mês sem receber um tipo específico de leite, uma mãe resolveu denunciar o atendimento do Centro de Atenção à Saúde (CASE). De acordo com a mulher, que prefere não se identificar, estão faltando cinco tipos de leite. O bebê de dez meses é alérgico e desde quando nasceu precisa do leite Pregomin para evitar problemas de saúde.

De acordo com a mãe da criança, por mês são consumidas cerca de 12 latas do leite em pó e cada uma custa cerca de R$ 180, despesa que ela diz não ter como pagar. Para amenizar a situação, a mulher revelou que já mudou a alimentação do filho. "Durante o dia eu fico dando suco e sopa, meu filho só pode tomar leite à noite, mesmo assim eu tenho que colocar mais água e ‘engrossante` ", explicou a mãe que desabafou. "Só tenho a metade de uma lata e não sei mais até quando vai ter que durar", revelou.

Várias mães também passam pelo mesmo problema, mas de acordo com a denúncia as funcionárias do CASE alegam que não tem previsão de quando o abastecimento será regularizado.

De acordo com a assessoria de comunicação do CASE, o abastecimento será regularizado, no máximo, até a próxima segunda (03). Segundo informações da assessoria ocorreu a falta do produto, pois acabou o estoque no almoxarifado central e foi feito o pedido de antecipação do estoque para solucionar o problema.