Sergipe

13/04/2010 às 12h37

Polícia prende seqüestrador e homicida de Pernambuco

Adinaldo é acusado de homicídios e um seqüestro no interior de Pernambuco

Redação Portal A8

O homem foi preso na cidade de Glória, mas será ouvido em Porto da Folha (Foto: SSP/SE)
A Polícia Civil de Nossa Senhora da Glória prendeu no final da tarde de ontem (12), um homem acusado de homicídios e um seqüestro no interior de Pernambuco. Adinaldo Neposiano dos Santos,  de 33 anos, teria sequestrado no município de Águas Belas, durante a Semana Santa, o adolescente de 16 anos, Josimário Pereira Barbosa, cujo autor do crime suspeitava que fosse amante de sua esposa.

De acordo com o delegado Regional de Glória, Ataide Alves, o acusado colocou a vítima dentro de um veículo Voyage, de placa policial KSP-6712, da cidade de Abreu e Lima (PE) e o trouxe até o povoado Vaca Serrada, município de Porto Folha, onde o matou a golpes de faca.

Após cometer o assassinato, ele abandonou o corpo nas imediações do povoado e foi passar uns dias no município de Nossa Senhora da Glória de onde pretendia fugir esta semana para o Estado de São Paulo.

"Além desse crime, Adinaldo também responde por outro homicídio praticado no interior de Pernambuco no ano de 2001", disse o delegado, detalhando a crueldade do acusado. "Antes de matá-lo ele cortou a orelha direita da vítima, torturando-o por muito tempo".

O corpo do jovem foi encontrado no sábado de Aleluia e conduzido ao Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju, onde foi realizada a necropsia. Nesse mesmo dia, os policiais colheram informações que acabaram levando a polícia até o acusado.

Adinaldo prestou depoimento ao delegado de Porto da Folha, Hilton Paulo, nesta segunda-feira. "Embora tenha sido preso por policiais de Glória, o acusado foi ouvido em Porto da Folha, município onde o crime foi praticado", explicou Ataíde Alves.

Adinaldo será levado para Pernambuco onde ficará à disposição da Justiça daquele Estado. O carro encontrado com Adinaldo também foi apreendido e encontra-se no pátio da Delegacia de Nossa Glória com restrições administrativas.

 

Com informações da SSP/SE