Sergipe

02/10/2009 às 18h13

Comissão técnica visita projetos em Santana do São Francisco

O principal projeto apresentado à comissão foi a construção do Polo Ceramista.

Redação Portal A8

Uma comissão formada por técnicos do Banco Mundial e da Empresa de Desenvolvimento Sustentável de Sergipe (Pronese) visitou na última quinta-feira (01), o município de Santana do São Francisco, distante 120 quilômetros de Aracaju. Na oportunidade, o grupo conheceu projetos da prefeitura para desenvolver o turismo local e reduzir a situação de pobreza da população.

O principal projeto apresentado à comissão foi a construção do Polo Ceramista. A obra vai beneficiar 120 famílias de artesãos e agricultores, e promete impulsionar o turismo do município. "A ideia é que o turista venha visitar a nossa cidade, conheça todo o processo de produção do artesanato e no final do dia leve a peça que viu ser preparada. Além de passear e aproveitar as belezas do São Francisco", explica o prefeito da cidade Ricardo Roriz (PT) aos técnicos.

Além do prefeito, estiveram também na reunião secretários municipais e representantes de associações de moradores, pescadores, agricultores e artesãos. Eles conversaram com a comissão e argumentaram sobre a necessidade do investimento e do aumento da qualidade de vida que trará à população.

Para construir o Polo Ceramista será necessário um investimento de cerca de R$ 5 milhões. No projeto estão incluídos obras como o conjunto habitacional `Vila do Artesão`, escola de artesanato e lojas. Será um complexo onde os agricultores e artesãos poderão preparar e comercializar seus produtos. A proposta empolgou a diretora do Banco Mundial, Fátima Amazonas.

Para o diretor da Pronese, César Valadares, o projeto é viável e vai trazer inúmeros benefícios para toda a região. "Nós temos a responsabilidade de coordenar esse trabalho e estamos dialogando e buscando através de obras como essa, melhorar a qualidade de vida de todos aqui do Baixo São Francisco", conta.

Fonte: Empauta