Sergipe

01/10/2009 às 13h22

Clóvis decide continuar e ataca Flávio Conceição

Redação Portal A8

O conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Clóvis Barbosa, decidiu continuar no cargo para aguarda decisão judicial sobre o processo de aposentadoria do conselheiro afastado Flávio Conceição. Sua deliberação foi definida após analisar as mais quatro mil páginas dos 18 volumes do processo.

Há cerca de um mês, ele anunciou que deixaria caso se confirmasse o entendimento do desembargador Cezário Siqueira Neto, do Tribunal de Justiça de Sergipe, segundo o qual, a aposentadoria compulsória do conselheiro Flávio Conceição de Oliveira Neto teria ocorrido de forma equivocada.

"Ouvir coisas do tipo que o processo tinha irregularidades insanáveis. Não vi nenhuma irregularidade insanável... diante da verificação que eu fiz resolvi então continuar exercendo a minha atividade como conselheiro", justificou. "Nós vamos ficar até o final", garantiu.

Segundo Clóvis, Flávio Conceição causou tumulto diante deste processo chegando até ser agressivo contra o então presidente do TCE, Heráclito Rollemberg. "O presidente deu todo direito de defesa", disse ele.

Clóvis disse que a prisão de Flávio Conceição acusado de fazer parte do esquema de corrupção que resultou na operação "Navalha" da Polícia Federal, ‘feriu` a imagem do Tribunal de Contas. "Nenhum conselheiro está acima da instituição... A imagem do TCE foi ferida pelo comportamento do seu Flávio Conceição que toda sociedade conhece", concluiu.