Sergipe

14/09/2009 às 08h27

Guardas municipais de Aracaju cruzam braços

Redação Portal A8

Os guardas municipais de Aracaju estão com suas atividades paralisadas, desde às 6horas de hoje(14) em sinal de protesto por conta da transferência de dois membros do sindicato . Eles estão reunidos no viaduto do Distrito Industrial de Aracaju de onde seguiram em caminhada até a sede da Superintendência Municipal de Transportes e trânsito - SMTT.

De acordo com o presidente do Sindicato, José Lúcio, o afastamento aconteceu sem nenhuma explicação viável. "Se não há uma explicação, entendemos que foi perseguição por conta das lutas. Outro ponto das nossas reivindicações é a questão salarial, o nosso salário é um dos menores do Brasil", colocou o sindicalista.

Os guardas também denunciam que há uma obrigação de índice de multas a serem aplicadas. Está denuncia foi contestada seriamente pelo superintendente da SMTT, Antônio Samarone, que ameaçou processá-los caso não haja provas.

"Se eles alegam que existe essa pressão para aplicação de multas, vão ter que provar de onde saiu essa suposta denúncia. E vão ser acionados judicialmente para responder isso", afirmou Samarone.