Sergipe

20/03/2009 às 08h49

Contas da Câmara e de Prefeitura são rejeitadas

Redação Portal A8

Dos mais de vinte processos julgados onte,(19) pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) durante a sessão do pleno, apenas dois tiveram parecer pela rejeição. Um da Câmara Municipal de Tomar do Geru e outro da Prefeitura de Tobias Barreto. O relator das duas prestações de contas anuais foi o conselheiro Antonio Manuel de Carvalho Dantas que tomou por base os relatórios dos técnicos do Tribunal para dar seus votos.

As contas da Câmara de Tomar de Geru do exercício financeiro de 2004, do vereador Gilton Soares Diniz, foram consideradas irregulares. Nela foram encontradas ilegalidades numa inspeção feita durante o exercício financeiro. O gestor, segundo a decisão dos conselheiros, ainda terá que pagar multa de R$ 500 e terá as contas enviadas para a Procuradoria do Município e ao Ministério Público.

O ex-prefeito de Tobias Barreto, Esdras Valeriano dos Santos, teve parecer pela rejeição de suas contas em 2004. Elas serão enviadas à Câmara de Vereadores do Município a quem caberá decidir se vai manter ou não o parecer do Tribunal de Contas. Tanto o ex-presidente da Câmara de Geru como o ex-prefeito de Tobias Barreto ainda podem recorrer das decisões.