Sergipe

19/03/2009 às 13h39

Ana Lúcia pede para deixar a Secretaria de Inclusão

Redação Portal A8

Até esta quinta-feira (20), o governador Marcelo Déda (PT) deve receber em audiência a secretária de Inclusão Social, Ana Lúcia Menezes, deputada estadual licenciada do PT, que, através de ofício, externou o desejo de retomar o seu mandato na Assembleia Legislativa.
"Ela me encaminhou expediente, informando que gostaria de voltar para a Assembleia. Devo recebê-la até amanhã em audiência", disse o governador, ao adiantar: "Eu a convidei para o cargo, mas não posso obrigá-la a ficar".
Déda disse não saber se a decisão da parlamentar tem a ver com o desgaste na relação entre o Sindicato dos Professores (Sintese), principal base eleitoral de Ana, e o governo estadual.
Em entrevistas a emissoras de rádio pela manhã, a secretária afirmou que o seu retorno é uma decisão que deve ser tomada por ela e pelo governador que a "convocou" para ser secretária. Ela confirmou que não ó os professores querem a sua volta, mas vários outros segmentos que apoiaram o seu projeto de reeleição.
"Eu devo voltar para debater e defender os ideais da nossa classe e do nosso partido", disse, acrescentando que não defende apenas os professores, mas "todos aqueles que reivindicam o seu direito".