Sergipe

06/03/2009 às 16h24

Filho de Floro se apresenta à polícia

Redação Portal A8

Mesmo tendo a prisão preventiva solicitada pelo delegado do Centro de Operações Especiais (Cope), Marcelo Cardoso, negada pela juíza da 5ª Vara Criminal, Iolanda Santos Guimarães, Fábio Calheiros Barbosa, filho do agiota Floro Calheiros, foragido da Justiça, se apresentou na manhã desta sexta-feira(6) espontaneamente à polícia. Na próxima semana, quem se apresentará à polícia será a mulher de Floro, Marli Barbosa.

Há seis anos, Fábio Calheiros Barbosa, não sabe o que é ter paz de espírito. O jovem de 21 anos disse em depoimento aos delegados que não dorme à noite, pensando que a qualquer momento receberá a notícia da morte do seu pai. Ele também se sente perseguido por agentes policiais que sempre ficam à espreita. Fábio fará tratamento psicológico para aprender a lidar melhor com essa situação.

De acordo com o advogado de Fábio Calheiros, Evaldo Campos, o depoimento foi emocionante. "Ele está muito abalado emocionalmente. Fábio disse que é um rapaz sem perspectiva de futuro. Ele já não frequenta escola por medo de ser discriminado, evita se relacionar com outras pessoas. Ele tem 21 anos e não vive a juventude por conta dos erros do pai", falou Campos.

O advogado disse que os delegados Marcelo Cardoso, Robério Gabriel e João Batista ouviram o depoimento de Fábio e foram verdadeiros cumpridores da lei. "Fiquei orgulhoso de estar com profissionais de primeira linha. Eles foram educados e corteses com Fábio. Tenho certeza que o caso está bem conduzido e será investigado com veracidade pelo Cope", elogiou o advogado, que é também professor de Direito Penal.

Fábio Calheiros foi acusado pela polícia de ter planejado a fuga do pai, ocorrida na noite do dia 21 de dezembro do ano passado das dependências do Hospital São Lucas, onde ele estava internado. Mas, a juíza Iolanda Guimarães entendeu que a prisão era desnecessária já que Fábio e sua mãe são primários, tem bons antecedentes, endereço fixo e não ameaçam a ordem pública.