Sergipe

05/03/2009 às 19h26

Aracaju tem maior índice de raios ultravioletas

Redação Portal A8

 

Aracaju foi um dos cinco locais que apresentou nesta quinta-feira, às 12h15, índices elevados de raios solares. Esses raios chegam à superfície da Terra, são conhecidos como raios UV (ultravioleta), e causam sérios danos à pele. Por volta das 12h15, Aracaju chegou a índice 13 numa escala que pode chegar a 14.
Segundo o meteorologista Expedito Rebelo, chefe da Divisão de Pesquisas Aplicadas do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), quanto mais alto o índice, maior o risco de danos à pele que podem chegar a queimaduras de segundo grau e ao aparecimento de câncer, em longo prazo.

 

Para evitar problemas causados pelos raios ultravioletas, Rebelo recomenda que as pessoas evitem exposição ao sol. Mas quando foi necessário, ele alerta para o uso do protetor solar e de roupas com cores claras. "As roupas brancas refletem a radiação diminuindo o contato dela com a pele, já as roupas pretas absorvem toda essa radiação e devem ser evitadas", diz o meteorologista.
"Se a pessoa perceber alguma mancha na pele durante um tempo prolongado, deve procurar um médico, imediatamente, porque pode ser algum problema sério", disse ele.

Os locais com índices mais elevados às 12h15, foram Aracaju, Brasília, João Pessoa, Recife e Vitória, com índice 13, seguidos por Rio, Curitiba, Macapá e Teresina, com 12, e Campo Grande, Florianópolis, Maceió e Manaus, que tinham índice 11, considerado extremo.


Fonte: Com informações do UOL