Sergipe

05/03/2009 às 15h08

Senado vai divulgar valores repassados a parlamentares

O Senado começa a divulgar, em abril, os gastos detalhados dos senadores com verba indenizatória. A exemplo do que começou a ser feito na Câmara nesta legislatura, serão divulgadas as informações das notas fiscais, como CNPJ, tipo de gasto e valor.

Redação Portal A8

O Senado começa a divulgar, em abril, os gastos detalhados dos senadores com verba indenizatória. A exemplo do que começou a ser feito na Câmara nesta legislatura, serão divulgadas as informações das notas fiscais, como CNPJ, tipo de gasto e valor.

"Vamos dar total transparência ao problema da verba indenizatória e colocaremos todas as informações que forem necessárias a partir de abril", disse o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).

A divulgação, no entanto, não será feita de forma retroativa. Apenas a partir desta legislatura. "Será daqui para a frente. No passado, não temos condição de fazer", explicou Sarney.

Os senadores recebem mensalmente R$ 15 mil de verba indenizatória para cobrir gastos com compromissos parlamentares fora de Brasília, além do salário de R$ 16.512.

Sarney, mais uma vez, defendeu o fim dessa verba indenizatória, mas afirmou que a proposta deve ser discutida conjuntamente entre Câmara e Senado. O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) já apresentou uma proposta de emenda à Constituição propondo o fim da verba e a equiparação do salário dos deputados e senadores aos R$ 25.500 pagos aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Sarney não disse se é favorável a essa proposta. "Devemos encontrar uma maneira, mas ainda não entramos em detalhes", disse.

(Fonte: Agência  Brasil)