Sergipe

20/02/2009 às 12h45

Albano denuncia situação da citricultura

A situação da citricultura sergipana foi tema de pronunciamento do deputado federal Albano Franco, na tribuna da Câmara Federal. Ele levantou a sua preocupação com o setor e revelou que a crise é grave.

Redação Portal A8

O deputado federal Albano Franco, em discurso na Câmara Federal, disse ser grave a situação da citricultura em Sergipe. "O problema é tão angustiante que levou o Governo do Estado a, recentemente, reunir no município de Santa Luzia do Itanhy, cerca de 300 citricultores, dirigentes da Conselho Nacional de Abastecimento e empresários da indústria de beneficiamento da laranja, para discutir soluções visando o enfrentamento da crise", informou o tucano.

Albano aproveitou para cobrar do governo federal através do Ministério da Agricultura, que "tome medidas urgentes para não permitir que esta crise se agrave, trazendo desassossego ao pequeno citricultor sergipano".

Ele ressaltou, no entanto, ser preciso registrar que alguns órgãos governamentais estão interessados em proteger a citricultura de Sergipe, a exemplo do Banco do Brasil, do Governo do Estado, das administrações dos municípios produtores, da imprensa local e da Top Fruit, empresa que industrializa a laranja sergipana, que se comprometeu em processar a laranja, armazenar esperando o melhor momento para comercializá-la.

Albano defendeu a promoção de parcerias para ajudar os agricultores, principalmente os pequenos, que dependem da produção de laranja para a subsistência familiar. Nesse sentido, "associo-me a esta luta, pois sempre defendi o trabalhador rural, e a agricultura familiar, como instrumento eficiente de combate ao êxodo rural".