Política

06/06/2019 às 16h16

Frente em Defesa das Mulheres planeja ações nos municípios sergipanos

Rede Alese

A Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres da Assembleia Legislativa de Sergipe realizou na manhã desta quinta-feira (6), a sua primeira reunião. Entre outros assuntos

Foto: Jadilson Simões
discutidos, destaque para a construção do Planejamento Anual da Frente Parlamentar.

Um das ações já anunciadas pela frente é a de realizar visitações aos municípios de Sergipe que atuam junto à instituições que fazem ações de proteção à mulher. Como fruto da reunião, a frente definiu que os municípios de Lagarto e o de Estância serão brevemente visitados por serem municípios que prestam serviços de proteção à mulher, a exemplo da Ronda Maria da Penha. A ronda tem o objetivo de contribuir para a redução da violência contra a mulher e está interligada à Rede de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência.

“Nosso papel não é fiscalizar essas instituições, e sim buscar fortalecê-las em seus objetivos. Daremos suporte para que elas continuem a realizar suas ações que visam proteger a mulher, vítima de violência. Queremos ajudar a solucionar problemas e com isso ajudar a sociedade sergipana”, explicou a deputada Maísa Mitidieri  (PSD) que é a presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres.

Reunião ampliada

De acordo com a  vice-presidente da frente, Kitty Lima (REDE) a primeira reunião foi uma oportunidade de abrir ideias e promover ações. “Como resultado da reunião de hoje já marcamos para o dia 16 de junho uma  reunião ampliada, que contará com  a participação de toda a rede de proteção à mulher vítima de violência. Essa reunião eu puxei  para a frente enquanto presidente da Comissão  Parlamentar de Direitos Humanos e Cidadania”, externou a deputada. Kitty enfatizou ainda que os municípios que ainda não têm instituições ou  não prestam serviços voltados para proteção à mulher vítima de violência serão estimulados a iniciarem ações nesse sentido.

 


Fonte: Rede Alese