Política

22/01/2019 às 18h35

PSC: diretório estadual apenas monitora caso Valdevan Noventa

Redação Portal A8

Após a prisão e o Supremo Tribunal Federal (STF) ter concedido habeas corpus ao deputado federal eleito Valdevan Noventa, o diretório estadual do PSC afirmou que vem apenas monitorando o caso através do seu corpo jurídico.

Valdevan Noventa, que foi eleito no último pleito pelo PSC, atualmente responde o processo eleitoral em liberdade. Sobre as investigações e ações que estão na Justiça, o diretório do partido sinalizou que não é responsável por fazer a defesa do integrante do quadro da sigla.

Dessa maneira, sobre os episódios que ocorrem que envolvem o nome de Valdevan Noventa, o PSC destacou que só se pronunciará depois que a Justiça Eleitoral chegue a um veredicto sobre o assunto. “Em tempo, informamos que as contas do deputado eleitos, são de responsabilidade do mesmo”, informou a nota da sigla.

Relembre o caso

Valdevan Noventa foi preso durante a Operação Extraneus, desencadeada pela Polícia Federal, com intuito de apurar a inspeção de declarações falsas em prestação de campanha eleitoral. A ação policial ocorreu no dia 7 de dezembro de 2018 e desde a referente data a equipe de advogados de defesa tentavam na justiça o alvará de soltura.

Nas investigações, apontavam indicações que o deputado eleito utilizou “laranjas”, simulou a realização de diversas doações em favor de sua campanha, nela aportando valores cuja origem é desconhecida para o custeio de suas despesas.

Além da polícia, a Procuradoria Regional Eleitoral também colocou na mira a campanha do deputado eleito para investigação. Para tanto, que o órgão propôs ação na Justiça Eleitoral.