Política

01/08/2018 às 16h25

Pleno do TJ não reconhece foro privilegiado de Robson Viana e Adelson Filho

Redação Portal A8

Nesta quarta-feira (1), o pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe decidiu que os processos de Robson Viana (PSD) e Adelson Filho (PR) serão encaminhados para a 3ª Vara Criminal. Ou seja, seguiu a deliberação do Supremo Tribunal Federal que restringiu o foro privilegiado para deputados e senadores, uma vez que os fatos denunciados ocorreram quando eles ainda exerciam mandato de vereadores. Apesar da decisão dos desembargadores, a defesa considerou um passo positivo, mas disse que não haverá mudança e o processo segue do ponto que está.

Os deputados estaduais Robson Viana e Adelson Filho, cujo nome é Tijoy Barreto, são investigados no processo das verbas indenizatórias da Câmara de Aracaju. A Operação Idenizar-SE foi deflagrada pelo Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) e apontou o envolvimento de 15 vereadores.

A operação foi deflagrada em 2016 e apura o pagamento de verbas de indenização respaldadas em contratos fictícios de locação de veículos e de assessoria jurídica. A suspeita é de que o esquema tenha gerado um prejuízo em torno de R$ 7 milhões, somente em 2013.