Sergipe

Vereador tem mandato cassado

30/09/2015 19h03
Vereador tem mandato cassado
A8SE

O vereador Carlos Umbaubá (PR), do município de São Cristóvão, teve seu mandato cassado por compra de votos nas eleições de outubro de 2008. A ação de impugnação de mandato eletivo foi julgada procedente pela Juíza, Adelaide Maria Martins Moura.

A coligação de oposição ao vereador Carlos Umbaubá, foi que impetrou com o pedido de impugnação na Justiça. Segundo a Promotoria, ele teria comprado votos de vários eleitores de São Cristóvão e procurou esconder essa prática sob a alegação de contratação de cabos eleitorais. A tese da contratação de cabos eleitorais foi rejeitada pela Justiça Eleitoral.

"A prática da compra de votos, ou da obtenção irregular de sufrágio, representa um dos mais violentos atentados à liberdade de consciência. Esta prática tem como vítimas, quase que exclusivamente, pessoas humildes e pobres. Por isso, tanto o Ministério Público, quanto o Judiciário têm estado vigilantes na repressão dessa prática que atenta contra o livre exercício do voto", afirma o advogado Fabiano Feitosa representante da coligação de oposição ao vereador.

De acordo com o advogado, o vereador teria pago R$ 30 reais por cada voto, a um grupo de 16 pessoas . "Os eleitores foram convocados e ouvidos pela Justiça Eleitoral e confessaram que receberam dinheiro", reforça o advogado.

Com a cassação de Carlos Umbaubá assume a vaga Jorge Lisboa, atual secretário municipal da Agricultura. Carlos Umbaúba ainda pode recorrer da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral.

Tags: