Sergipe

Último dia de recadastramento é marcado por longas filas

30/09/2015 20h51
Último dia de recadastramento é marcado por longas filas
A8SE

No conjunto Augusto Franco a fila estava dando volta na praça da Juventude (Foto: Reprodução/ TV Atalaia)

Último dia para o recadastramento biométrico e como já era de se esperar o costume de deixar tudo para última hora provocou filas longas e muita confusão nos postos do Tribunal Regional Eleitoral. No conjunto Marcos Freire III, em Socorro, a polícia precisou ser chamada para conter os ânimos da população.

Nessa sexta-feira (16) muita gente madrugou nos diversos postos de atendimento em busca de senhas na tentativa de evitar o cancelamento do título eleitoral. No posto do conjunto Augusto Franco, como em diversos pontos de Aracaju os eleitores precisaram de muita paciência para enfrentar horas de espera, muitas vezes de baixo do sol quente.

"Fui deixando para depois e acabei ficando para o último dia, cheguei aqui às 5h da manhã e agora já perto de meio dia ainda nem sei que horas vou embora. Isso é para eu aprender", relata o agente de limpeza Alberto Conceição.

Outro caso foi da produtora industrial Edna Vieira, que chegou bem cedo, mas conseguiu ser atendida. "Demorou um pouco para eu chegar até o atendimento, só que depois foi muito rápido, realmente eu deveria ter vindo antes", declarou.

De acordo com a diretora do TRE, Conceição Vasconcelos, apesar de todo o trabalho de conscientização esse grande fluxo no último dia já era previsto. "Colocamos onze postos em toda capital e desde agosto estamos trabalhando sábados, domingos e feriados, inclusive com atendimento noturno, mas mesmo assim 60 mil pessoas deixaram para o último dia e infelizmente estão enfrentando transtornos", afirmou.

Segundo os últimos levantamentos, graças aos mutirões, no interior, a meta do TRE foi cumprida com 90% do recadastramento realizado. Apesar dos transtornos, na capital a meta também foi superada. A diretora também explicou o motivo do prazo do recadastramento não poder ser prorrogado. "Grande parte dos equipamentos utilizados nos nosso mutirões são emprestado é precisam ser devolvidos. Além disso, após o recadastramento temos um tempo para recursos que precisam ser concluído, no máximo, até o dia 9 de maio, por causa das eleições 2012", declarou.

Tags: