Sergipe

Soldado do Exército é preso acusado de praticar assaltos

30/09/2015 20h45
Soldado do Exército é preso acusado de praticar assaltos
A8SE

Após praticarem assalto quatro jovens foram presos no bairro Ponto Novo, entre eles estava Pedro de Andrade Paixão Júnior, 20 anos, que é soldado do Exército em Sergipe. Com o grupo foi encontrado um revólver calibre 38.

De acordo com a polícia, os jovens são acusados de praticarem assaltos na localidade. Os outros presos foram identificados como Anderson dos Santos da Silva, 22 anos, Gustavo Rafael Nascimento, 19 anos, e Cássio Cardoso dos Santos, 22 anos.

Uma das vítimas, que preferiu não ter a identidade revelada, contou como foram os momentos de terror. "Eu fiquei com muito medo, pensei que fosse morrer, eles foram muito agressivos e a todo o momento apontavam armas para mim", revelou. "Eu estava caminhando quando eles saíram de trás de um muro e gritaram dizendo que era um assalto, desde então eles começaram a me agredir e levaram meus pertences. Minha sorte foi que algumas pessoas viram e começaram gritar pela polícia", relatou.

No momento da ação dos assaltantes uma viatura da Radiopatrulha passava pela região e iniciou uma perseguição. "Fomos informados do assalto e seguimos o veículo dos acusados, conseguimos interceptá-los na região do areal", revelou o tenente Mendonça.

Apesar dos acusados afirmarem ser apenas uma brincadeira, para polícia o que aconteceu foi um crime. "Pelos relatos das duas vítimas não houve nada parecido com brincadeira na ação deles", declarou o tenente.

Nota

O 28º Batalhão de Caçadores informa que o soldado Pedro de Andrade Paixão Júnior, desta Organização Militar do Exército Brasileiro, foi preso em flagrante delito por policiais militares da Radiopatrulha sendo conduzido para a 8ª Delegacia Metropolitana, onde foi autuado. Posteriormente, o referido militar foi transferido para este Batalhão.

Cabe ressaltar que o soldado foi licenciado das fileiras do Exército em 18 de fevereiro de 2011 por término do tempo de serviço militar obrigatório, tendo sido reintegrado, por decisão judicial, em 19 de agosto de 2011, na situação de "agregado".

Na situação de agregado, o militar deixa de cumprir o expediente na Organização Militar. Por fim, o comando do 28º BC, adotou todas as providências cabíveis para o momento e encontra-se aguardando decisão judicial.

 

 

Tags: