Sergipe

Sargento da polícia militar de Sergipe é preso após suspeita de assassinar colega de farda

21/09/2020 08h47 - Atualizado 29/09/2020 às 11h14
page.image.title

Na noite do último sábado (19), a morte do soldado da polícia militar de Sergipe, Cristyano Rondynelli Gomes Melo, 34 anos chamou a atenção da população. Ele teria sido assassinado pelo colega de farda, um sargento da PM, que não teve a identificação divulgada pela corporação, que foi preso e encaminhado ao Presídio Militar.

O crime aconteceu na rodovia SE-230, no município de Monte Alegre, sertão de Sergipe. A vítima estava dentro de um carro, no banco do passageiro, onde foi atingido por disparos de arma de fogo. A informação da população é que os policiais militares teriam de desentendido.

De acordo com a Polícia Militar do Estado de Sergipe, as condutas dos policiais militares serão rigorosamente apuradas pela Instituição. Por meio de uma nota oficial, a PM informou ainda que adotou todas as medidas preliminares com o rigor e a agilidade que a situação requer, inclusive, procedendo com a prisão em flagrante do suspeito da autoria do crime.

O soldado Rondynelli ingressou na PM em 2015 e atualmente estava lotado no 7º Batalhão. O sepultamento está previsto para ocorrer às 9h desta segunda-feira, 21, no cemitério municipal de Santana do Ipanema, no estado de Alagoas, de onde é natural.

Tags: