Covid-19

Prefeitura mantém intensificadas ações de fiscalização sanitária em escolas da capital

Por Ascom Prefeitura de Aracaju 27/01/2021 11h55
Prefeitura mantém intensificadas ações de fiscalização sanitária em escolas da capital

Buscando garantir o respeito aos protocolos sanitários estabelecidos para a volta das aulas presenciais, na capital, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), mantém um cronograma intenso de fiscalizações das instituições de ensino, de modo a garantir o cumprimento dos protocolos de biossegurança, como distanciamento social, uso obrigatório de máscaras e higienização constante das mãos.

O Decreto Municipal nº 6.316/2020 autorizou, a partir do dia 18 de janeiro, a retomada das atividades presenciais em creches, berçários, educação infantil e ensinos fundamental I e II, nas instituições privadas. As escolas públicas municipais retornarão a receber os alunos no dia 22 de março.

Entretanto, o retorno está condicionado ao respeito às medidas descritas no próprio documento, que foi elaborado com base em portaria do Governo Federal, considerando o quadro epidemiológico local.

Devem ser cumpridos o distanciamento de 1,5m entre as carteiras, capacidade máxima de 50% do número de alunos por sala, uso de máscara, que deve ser trocada a cada três horas ou quando apresentar umidade e/ou sujidade, medição de temperatura, utilização de totens com álcool em gel em diversos pontos e a lavagem das mãos com sabão constantemente.
Além disso, as áreas de atividades coletivas devem estar isoladas, as refeições consumidas individualmente e os objetos pessoais não podem ser compartilhados.

{{value.image}}
Denilda Caldas

“Nossas equipes visitam de quatro a cinco instituições por dia, avaliando o respeito aos protocolos de biossegurança. Nossa expectativa é ter avaliado todas as escolas particulares até o fim de fevereiro”, explica a coordenadora da Vigilância Sanitária de Aracaju, Denilda Caldas.

Segundo a coordenadora, a programação de visitas, estabelecida previamente, só é alterada em caso de denúncia, quando as equipes podem ser redirecionadas para averiguar a situação e tomar medidas, caso comprovadas irregularidades, para adequar o espaço citado.

“Até o momento, não recebemos nenhuma denúncia, mas estamos atentos. Caso os responsáveis percebam o descumprimento de alguma medida podem acionar o número da Vigilância, 3711-5046, ou o aplicativo AjuInteligente no site da Prefeitura de Aracaju”, ressalta Denilda.

{{value.image}}
foto_fiscalizacao_das_escolas_ii.jpg