Sergipe

População denuncia casal que comandava boca de fumo

30/09/2015 19h59
População denuncia casal que comandava boca de fumo
A8SE

 

Láis é acusada por tráfico de drogas e Glaudiston, será indiciado por associação ao tráfico (Foto: Atalaia Agora)

Uma boca de fumo no conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro, foi desativada na tarde desta terça-feira (06). Um casal foi denunciado pela população que já estava incomodada com o comércio de drogas, que era realizado em uma casa na travessa 24.

Durante a ação foram presos Laís Cristina Santos Vieira, 28 anos, e Glaudiston Felipe, 20 anos, que é vizinho dos acusados e afirma não ter envolvimento com o tráfico. De acordo com o comandante da Radiopatrulha, capitão Vitor Moraes, o rapaz provavelmente é um chamado ‘aviãozinho`. "A versão dele é suspeita, acreditamos que além de comercializar a droga, ele também tinha um envolvimento amoroso com a suspeita", revelou o policial.

Quando a polícia chegou no local o marido de Laís, Marcelo Getirana Vieira, 27 anos, não estava na casa mas continua sendo procurado. "Estamos fazendo diligências para encontrar o acusado, sabemos que ele é motoboy e acredito que logo vamos encontrar o seu paradeiro", explicou Vitor.

A mulher nega saber do envolvimento do marido com a venda de drogas, mas a polícia encontrou o crack escondido dentro de uma gaveta de roupas intimas da moça.

Além das duas prisões, foram apreendidos 51 gramas de crack, uma balança de precisão, uma quantia em dinheiro e cinco telefones celulares. Os presos foram encaminhados para o Departamento de Narcóticos (Denarc).

 

Tags: