Sergipe

Parte da estrutura da ciclovia sobre a ponte do Rio Poxim desaba e assusta população em Aracaju

Por redação Portal A8SE 17/05/2022 18h05
Parte da estrutura da ciclovia sobre a ponte do Rio Poxim desaba e assusta população em Aracaju
foto: reprodução redes sociais

Quem passou pela ponte Juscelino Kubitschek, localizada sobre o Rio Poxim, próximo ao Parque dos Cajueiros, em Aracaju, na tarde desta terça-feira (17) levou um grande susto. É que parte da ciclovia desmoronou e assustou pedestres e ciclistas.

Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver que uma imensa barra de ferro fica imersa na água. "Estava no restaurante e só escutei uma grande zoada", disse um internauta que estava nas imediações.

Em nota, a Prefeitura de Aracaju informou que o trecho da ciclovia estava preventivamente interditado para o tráfego desde o dia três de dezembro do ano passado, "após a Defesa Civil Municipal constatar, com base em avaliação técnica, risco de desabamento da estrutura devido à deformação na mão francesa que sustenta o anexo metálico utilizado para a travessia de ciclistas e pedestres. No local, o órgão municipal está realizando um balizamento para garantir a remoção da estrutura", esclareceu.

Ainda de acordo com a gestão, "devido ao acidente, já nesta quarta-feira (18), a Empresa Municipal de Obras e Urbanziação (Emurb) iniciará o trabalho de remoção da estrutura que ruiu, para viabilizar a execução do projeto de recuperação, o qual já estava sendo orçado e cuja execução será antecipada. Cabe destacar que a ciclovia é um equipamento independente da ponte, a qual não apresenta nenhum risco em sua estrutura, e está sendo ampliada pela Prefeitura de Aracaju a partir de um cronograma que não será afetado por este acidente", pontuou.

Obra

A ponte passa por obras de ampliação que consiste no alargamento da estrutura da ponte para deixá-la com três faixas de pista de rolamento em cada sentido, com 12 metros de largura cada, além de uma ciclovia e duas pistas para pedestres. A ponte possui uma extensão de 160 metros e a ampliação em mais 4 metros envolve seus dois lados.

No sentido Centro/praias haverá uma faixa com mais 2 metros, onde será criado o passeio para pedestres, totalizando 6 metros de largura, já existente no sentido contrário. Ao todo, serão utilizadas mais de 438 toneladas de aço e mais de 3.000 m³ de concreto. O investimento é de R$ 17,5 milhões.