Sergipe

Paciente psiquiátrico morre durante contenção do Corpo de Bombeiros

31/05/2018 12h41
Paciente psiquiátrico morre durante contenção do Corpo de Bombeiros
Internauta

Um homem, paciente psiquiátrico, morreu na quarta-feira (30) durante uma contenção do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE), em São Cristóvão.

{{value.image}}

De acordo com a mãe do paciente, o homem aparentava estar tranquilo no início da manhã e precisava ser direcionado ao médico para dar continuidade ao tratamento psiquiátrico. Com a resistência dele, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado. Porém, como precisaria de um apoio para contenção o Corpo de Bombeiros foi solicitado.

Nesse momento, segundo a mãe, a equipe realizou a intervenção contendo o filho que começou a ficar agressivo. A reportagem da TV Atalaia esteve na região nesta quinta-feira e registrou a revolta dos vizinhos que presenciaram a abordagem do Corpo de Bombeiros que resultou na morte do paciente.

Notas

Para a redação da TV Atalaia, o Samu, informou que a Central de Regulação de Urgência foi acionado, por volta das 11h30, para atendimento a paciente psiquiátrico que estava agredindo familiares. “W.G.S., 38 anos, estava calmo, com ideias desconexas e recusando remoção para urgência psiquiátrica, a despeito da vontade de familiares. Dessa forma, foi acionado pela CRU o protocolo de atendimento ao paciente psiquiátrico e solicitou-se apoio do COBOM para contenção do paciente e posterior remoção através do Samu”, apontou a nota.

Por fim, o Samu colocou: “Na tentativa de contenção, o paciente agitou-se e iniciou luta corporal com equipe do COBOM. Foi acionada uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para atendimento ao paciente que evoluiu com parada cardiorrespiratória e não respondeu às tentativas de ressuscitação cardiopulmonar, sendo constatado óbito”.

Já o CBMSE, que foi acionado às 14h30, informou que o Samu solicitava do apoio para contenção de um paciente psiquiátrico. “Durante a ocorrência, na tentativa de conduzir para a ambulância do Samu o Sr. Wellington Gonzaga Santos, 41 anos, este se mostrou bastante arredio, sendo agressivo com chutes contra a guarnição”, apontou a nota da corporação.

Dessa maneira, diante do quadro de agressividade do paciente, foram necessárias mais pessoas para imobilizá-lo. “E o Sr. Wellington permanecia resistente, fazendo bastante força na tentativa de se soltar, quando, em dado momento, o paciente parou de esboçar forças e foi constatado que o mesmo se encontrava inconsciente e com Parada Cardiorrespiratória (PCR). Foi imediatamente acionada a Unidade de Suporte Avançado (USA) do Samu, enquanto as equipes dos bombeiros e do Samu faziam a reanimação cardiorrespiratória”, detalhou.

Além disso, após tentativas de reanimação, o CBMSE afirmou: “Paciente ainda ser entubado pela equipe da USA, o Sr. Wellington não resistiu e veio a óbito. Ao questionar a família sobre o histórico clínico do paciente, se o mesmo sofria de problemas cardíacos ou se fazia uso de medicação controlada e/ou de substâncias entorpecentes, os familiares se negaram a prestar informações”. O Corpo de Bombeiros informa, ainda, que a ocorrência foi realizada seguindo o protocolo de atendimento e lamenta o ocorrido, se sensibilizando com o sofrimento da família.

 

Tags: