Covid-19

Bares, restaurantes e shopping's estarão fechados nos finais de semana

Novo decreto

04/03/2021 12h36
Bares, restaurantes e shopping's estarão fechados nos finais de semana

Durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (04), o governador Belivaldo Chagas alertou para o número de casos da Covid-19 que vem aumentando e decidiu que nos próximos dois finais de semanas, bares, restaurantes e shopping's estarão fechados. As atividades de bares, restaurantes e estabelecimentos similares serão proibidas entre as 18h da sexta-feira e 05h da segunda-feira subsequente, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) ou take away de alimentação.

Ainda de acordo com o decreto no período de 05.03 a 21.03.2021, as atividades não essenciais e especiais estarão proibidas ao funcionamento entre 22h de um dia e 05h do dia subsequente. Além disso todas as atividades (essenciais, não essenciais e especiais) deverão observar a limitação máxima de ocupação de 50% do local do estabelecimento, cabendo aos dirigentes estabelecer regras e rotinas de rodízio para evitar a conglomeração;


Eventos suspensos

Fica proibida em todo Estado de Sergipe, no período de 05.03.2021 a 21.03.2021, a realização de quaisquer eventos (festivos, técnicos, corporativos, sociais, culturais, esportivos, comemorativos) que impliquem em aglomeração de pessoas, em ambientes públicos ou privados de uso comum, a exemplo de ruas, avenidas, praias, praças, parques, clubes sociais, centros recreativos e culturais, teatros, auditórios, hotéis, bares, restaurantes e similares, inclusive os eventualmente já autorizados. A proibição dos eventos independe do número de participantes, englobando, eventos desportivos coletivos, cerimônias de casamento, aniversários, formaturas, reuniões colegiadas, congressos, seminários, vaquejadas, eventos recreativos, circos, bem como aulas coletivas de dança e ginástica.

Além disso, há a redução de 50% da capacidade nos espaços. O governador atentou ainda que os carnavais dentro de casa trouxeram impacto no aumento do número de casos da Covid-19 e houve crescente evolução do número de casos positivos à COVID-19 e internamentos de pacientes na rede hospitalar do Estado de Sergipe, pressionando, especialmente, as unidades privadas

Sobre as escolas, o governador deixou para decidir na próxima semana, quando há uma nova avaliação do Comitê Científico.