BR-101

Manifestantes realizam protesto pela morte de homem asfixiado com gás na viatura da PRF em Sergipe

A população bloqueou um trecho da BR-101 e clama por justiça. Laudo do IML constatou as causas da morte como asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda.

Por Carolina de Morais, Portal A8SE 26/05/2022 09h21
Manifestantes realizam protesto pela morte de homem asfixiado com gás na viatura da PRF em Sergipe
Foto: Aline Aragão/TV Atalaia

Na manhã desta quinta-feira (26), vários manifestantes estão realizando um protesto na BR-101, em Umbaúba (SE), pela morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos. Ele foi abordado, imobilizado e colocado no porta-malas de uma viatura da Polícia Rodoviária Federal em Umbaúba, onde morreu asfixiado por um gás lacrimogênio.

Moradores da região e representantes de movimentos sociais bloquearam um trecho da via com pneus em chamas. Eles estão segurando cartazes com pedido de justiça e cobram melhor treinamento dos agentes durante abordagens.

{{value.image}}
Fogo foi ateado em pneus durante a manifestação

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe divulgou o laudo emitido pelo Instituto Médico Legal, que aponta asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda como causas da morte do homem.

O corpo foi liberado do IML, em Aracaju, por volta das 22h30 e será velado na casa da família, no Povoado Mangabeira, em Santa Luzia do Itanhy. Ele era casado e deixa um filho.

{{value.image}}
Populares protestam na BR-101

Segundo a esposa, a vítima sofria de esquizofrenia e fazia uso de medicamentos controlados há cerca de 20 anos. Na ocasião da abordagem, ele estava ao lado de sua motocicleta quando recebeu ordem para levantar as mãos. A ação foi registrada em filmagens realizadas por populares, que flagraram os três policiais se aproximando e usando um spray de pimenta no homem.

Ao entrar no veículo, ele inalou uma fumaça, pediu socorro e caiu desacordado. O óbito foi confirmado na unidade hospitalar do município.

{{value.image}}
Homem inalou fumaça no porta-malas do veículo

A Polícia Civil informou que um boletim de ocorrência foi prestado. Depoimentos de familiares e testemunhas também foram coletados na delegacia regional. O caso será remetido e investigado pela Polícia Federal.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe está acompanhando os desdobramentos e disse que "tem respeito pelas instituições, mas não compactua com qualquer tipo de violência ou de tortura".

Posicionamento da PRF

A Polícia Rodoviária Federal disse, por meio de nota, que o homem resistiu ativamente a abordagem de uma equipe PRF na ação realizada na BR-101, no município de Umbaúba, nesta quarta-feira (25).

Em razão da sua agressividade, foram empregadas técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção. "Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil. No entanto, durante o deslocamento, passou mal, foi socorrido e levado para o Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito", disse.

A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A PRF lamentou o ocorrido e informou que foi aberto um procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos.