Sergipe

João Alves: Deda “ainda não disse que para veio”

O ex-governador João Alves Filho (DEM) fez duras críticas ao governador Marcelo Déda (PT). No seu entendimento, o petista "ainda não disse para que veio".

30/09/2015 19h03
João Alves: Deda “ainda não disse que para veio”
A8SE

 Incitado a fazer uma avaliação sobre o governo de Marcelo Deda (PT), o ex-governador de Sergipe, João Alves Filho (DEM) disse, que até agora não tem como avaliar a gestão porque "ele (Deda) ainda não disse para que veio. Quando ele começar realmente a trabalhar como governador, eu darei a minha opinião", afirmou no final da tarde de ontem, ao participar da posse dos novos dirigentes do Tribunal de Justiça de Sergipe.

Para ele, as ações realizadas no Estado são "tímidas e pouco perceptíveis". João disse que a sociedade tem percebido a deficiência em todos os setores, especialmente na segurança pública que "está um verdadeiro caos, como nunca visto nas últimas décadas".

João disse que os ladrões de gado voltaram a agir no interior do Estado. "O quadro voltou as padrões de quando eu assumi o governo do Estado pela segunda vez", sucedendo o, agora, deputado federal Albano Franco (PSDB). "À época, fiz uma recomendação aos ladrões: cruzem as fronteiras porque o pau vai quebrar, e eles foram embora", lembrou o democrata.

No seu entendimento a população da capital e interior do Estado vive um clima de terror. "Há insegurança por toda parte e a comunidade não tem a quem recorrer", disse, ressaltando problemas também em outros setores importantes como saúde e educação.

 

 

 

 

Tags: