Atualização

Familiares protestam após a morte de jovem baleado no Augusto Franco

O suspeito responsável pelo disparo é um policial militar.

26/11/2020 18h09
Familiares protestam após a morte de jovem baleado no Augusto Franco
Redes sociais

No final da tarde desta quinta-feira (26) amigos e familiares de Chelton Luís Santos, de 28 anos, iniciaram um protesto após a morte do jovem. Ele foi baleado no pescoço, no dia 15 de novembro, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no final da tarde de ontem, quarta-feira (25), no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). O jovem foi atingido por um disparo de arma de fogo, ao tentar separar uma briga ocorrida no Conjunto Augusto Franco.

O suspeito responsável pelo disparo é um policial militar e, por conta disso, a Polícia Civil está investigando o caso. Os parentes, inconformados com a perda e a situação, pedem justiça. Eles estão reunidos no local do crime, que fica na antiga Canal 3, atual avenida Caçula Barreto.

O enterro de Chelton aconteceu ás 16h, no cemitério São João Batista.

Confira o vídeo: