Sergipe

Devotos acompanham a procissão do Fogaréu de São Cristóvão

Procissão do Fogaréu de São Cristóvão, produzido pelo grupo teatral G12, atrai visitantes

30/09/2015 19h58
Devotos acompanham a procissão do Fogaréu de São Cristóvão
A8SE

A cidade de São Cristóvão presenciou na noite desta quinta-feira (01), mais uma edição da procissão do Fogaréu. O ato religioso é marcado pela encenação da Paixão e Ressurreição de Cristo, narrando momentos como a chegada a Jerusalém, a última ceia de Jesus com os apóstolos, a crucificação e ressurreição de Cristo.

Fogaréu de São Cristóvão emociona visitantes e moradores (Fonte: Atalaia Agora )

Durante a procissão, visitantes e religiosos participaram do percurso que partiu da praça São Francisco e seguiu em direção às ruas do Centro histórico da cidade. O ato religioso é marcado pelo cortejo "Fogaréu", representado por homens vestidos de túnicas brancas que carregam tochas de fogo e saem pelas ruas escuras de São Cristóvão.

O grupo teatral G12 encena a perseguição a Jesus ao som de cânticos e instrumentos de sopro tocados por participantes do elenco com a interação dos devotos.

Para a dona de casa, Edilma Peixe, o ritual religioso é um exercício da crença em Deus. "Todos os anos eu participo da procissão, acho lindo o fogaréu e pra mim é tudo muito emocionante, sinto a presença de Deus", conta Edilma.

Cenas da paixão, morte e ressureição de Cristo (Fonte: Atalaia Agora )

A procissão do Fogaréu em São Cristóvão, evento de cunho religioso, que faz parte do calendário cultural de Sergipe é realizado pelo Grupo Teatral G12, dirigido por Daniel Lima.

Foi suspenso em 1963 pelo vigário Frei Fernandes devido à falta de participação dos fieis e 15 anos depois retornou às ruas da cidade histórica.


Matéria Completa no Jornal do Estado 1ª Edição

 

 

 

Tags: